quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

cine vídeo música poesia

 E ENTÃO?     


Poema: ADEMIR ASSUNÇÃO 
Música: MADAN E RICARDO GARCIA

E então?
Você já encarou a cara da barra de cara?
Já viu o ódio na cara do cara?
Saiu mais louco que um cachorro louco?
(Sem medo do olho do lobo no olho)

E então?
Você já queimou as pestanas em vão?
Vendo a chuva no chão o sangue no chão?
A pata quebrada de um cão?

E então?
Você já ficou mudo de medo?
Você já chorou em segredo?
No canto da cela de uma prisão?

E então?
Você já ouviu Itamar Assumpção?
Já teve coragem de dizer não?

Você que sabe sabe de qual estrela vieste?
Você que sabe sabe com qual roupa a solidão se veste?

E então?
Qual o preço que você paga pra se sentir seguro?
Qual o preço que você paga pra chegar no futuro?
Quantas moedas colocam você em cima do muro?

Ademir Assunção: voz
Luiz Waack: violões, guitarras, sampler e vocal
Mintcho Garramone: baixo
Ricardo Garcia: pandeiros, derbak e pratos



Dor Elegante


Um homem com uma dor
É muito mais elegante
Caminha assim de lado
Como se chegando atrasado
Andasse mais adiante...
Carrega o peso da dor
Como se portasse medalhas
Uma coroa
Um milhão de dólares
Ou coisa que os valha...
Ópios, édens, analgésicos
Não me toquem nessa dor
Ela é tudo que me sobra
Sofrer vai ser!
A minha última obra
Hum! Hum!...
Um homem com uma dor
É muito mais elegante
Caminha assim de lado
Como se chegando atrasado
Andasse mais adiante
Hum! Hum!...

Paulo leminski/itamar assunpção



Vapor Barato,

Gal Costa e Zeca Baleiro

Oh! sim!
Eu estou tão cansado
Mas não prá dizer
Que eu não acredito
Mais em você...
Com minhas calças vermelhas
Meu casaco de general
Cheio de anéis...
Vou descendo por todas as ruas
E vou tomar aquele velho navio
Eu não preciso de muito dinheiro
Graças a Deus!
E não me importa, Honey...
Minha Honey Baby
Baby! Honey Baby!
Oh! Minha Honey Baby
Baby!
Honey Baby!...
Oh! sim!
Eu estou tão cansado
Mas não prá dizer
Que eu tô indo embora...
Talvez eu volte
Um dia eu volto
Mas eu quero esquecê-la
Eu preciso...
Oh! minha grande!
Oh! minha pequena!
Oh! minha grande!
Obsessão!...
Minha Honey Baby
Baby! Honey Baby!
Oh! Minha Honey Baby
Honey Baby!
Honey Baby!
Ah! Ah! Ah! Ah!...
Ando tão a flor da pele
Qualquer beijo de novela
Me faz chorar
Ando tão a flor da pele
Que teu olhar
Flor na janela
Me faz morrer...
Ando tão a flor da pele
Meu desejo se confunde
Com a vontade de não ser
(Baby!)
Ando tão a flor da pele
Que a minha pele tem o fogo
(Honey Baby!)
De um juízo final..
Barco sem porto
Sem rumo, sem vela
Cavalo sem cela
Bicho solto, cão sem dono
Menino um bandido
As vezes me preservo
Noutras, suicido...
Baby!
Honey Baby
Baby! Baby!
Baby! Baby! Baby!
Honey Baby!
Oh! Minha Honey baby
Honey Baby!
Honey Baby!
Baby! Baby! Baby!
Baby! Baby!...
Ando tão a flor da pele
Qualquer beijo de novela
Me faz chorar
Ando tão a flor da pele
Que teu olhar
Flor na janela
Me faz morrer...
Ando tão a flor da pele
Meu desejo se confunde
Com a vontade de não ser
Ando tão a flor da pele
Que a minha pele tem o fogo
De um juízo final...
Baby!
Honey Baby!
Honey Baby!
Baby! Baby!
Baby! Baby! Baby!
Oh! Minha Honey Baby
Honey Baby!
Honey Baby!
Baby! Baby! Baby!
Baby! Baby!...

Wally Salomão/Jards Macaleé



Chão de Giz

Zé Ramalho

Eu desço dessa solidão
Espalho coisas sobre
Um Chão de Giz
Há meros devaneios tolos
A me torturar
Fotografias recortadas
Em jornais de folhas
Amiúde!
Eu vou te jogar
Num pano de guardar confetes
Eu vou te jogar
Num pano de guardar confetes...
Disparo balas de canhão
É inútil, pois existe
Um grão-vizir
Há tantas violetas velhas
Sem um colibri
Queria usar quem sabe
Uma camisa de força
Ou de vênus
Mas não vou gozar de nós
Apenas um cigarro
Nem vou lhe beijar
Gastando assim o meu batom...
Agora pego
Um caminhão na lona
Vou a nocaute outra vez
Prá sempre fui acorrentado
No seu calcanhar
Meus vinte anos de "boy"
That's over, baby!
Freud explica...
Não vou me sujar
Fumando apenas um cigarro
Nem vou lhe beijar
Gastando assim o meu batom
Quanto ao pano dos confetes
Já passou meu carnaval
E isso explica porque o sexo
É assunto popular...
No mais estou indo embora!
No mais estou indo embora!
No mais estou indo embora!
No mais!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário