terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Carnaval Folclórico do Boi Pintadinho


Acervo da Câmara Municipal de Muqui - Carnaval 2007

Ériton Berçaco · Muqui, ES

Longe do axé e das escolas de samba, o carnaval folclórico mais conhecido do Espírito Santo é o do Boi Pintadinho, em Muqui, ao sul do estado.

O Carnaval de Muqui é ideal para quem quer se divertir em um típico de carnaval de rua, rodeado pelas belezas de um cenário natural e arquitetônico encantadores. Para cair na folia por aqui, não é preciso enfiar a mão no bolso e pagar por um abadá, basta ter alegria de sobra e muita disposição para pular o carnaval atrás dos bois, que fazem a festa dos blocos no corredor da boiada - na rua Vieira Machado, principal eixo do sítio histórico.

Segundo a secretária de Cultura do município, Joelma Consuêlo Fonseca e Silva, o carnaval de Muqui, desde 1970, é animado pelo Boi Pintadinho: "este 'carnaval de boi' começou com o Boi do Bijoca e hoje conta com vinte grupos de 'Bois Pintadinhos', dentre os quais, grupos de crianças e adultos. Os blocos são constituídos por 'Bois, Mulinhas, Jaguará e Bonecões'", conta.

Cada boi é seguido por um grupo de foliões e por uma bateria que toca um ritmo bem próprio, uma mistura de samba com uma espécie de batucada. Entre os bois, há uma vaca rosa, a querida vaca Mocha - cujo bloco é composto, majoritariamente, por mulheres.

A festa atrai turistas brasileiros e até estrangeiros, que adoram pular o tradicional carnaval do Boi Pintadinho em Muqui. "Falaram-me súper bem do carnaval de lá, vou alugar uma mulinha e partir atrás do boi", conta entusiasmada a jornalista Elisangela Teixeira, de Cachoeiro de Itapemirim. Já o estudante de jornalismo, André Luiz de Oliveira, esteve em Muqui no ano passado e aprovou. Hoje, divulga o evento para os amigos e diz ser um carnaval diferente dos do litoral. 
"Quando falei que ia passar lá todo mundo levou o maior susto... porque aqui na nossa região (litoral), a gente não costuma ouvir muito sobre esses carnavais folclóricos. Fui, gostei e não perco mais". Segundo André, o que mais lhe chamou a atenção foram "a simplicidade e criatividade dos foliões. Desde as fantasias até os churrascos que rolam durante as tardes em várias casas".
Durante o dia, a sugestão são os roteiros do eco-turismo, agro-turismo e citytour no Sítio Histórico. Essas atividades podem ser acompanhadas por condutores locais. A organização é da Prefeitura local, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer e pela Associação de Folclore de Muqui.

ONDE FICAR?

Hotel Nunes 
R. Poty Formel, 53, Centro, Muqui
(28) 3554.1668

Hotel Santa Terezinha
R. Vieira Machado, 263, Centro
(28) 3554.1156

Fazenda Monteiro Lobato
Rod. MuquiXMimoso do Sul - a 5km do centro de Muqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário