segunda-feira, 28 de março de 2011

até quando?

a fome é uma cachorra latindo
na porta dos miseráveis
neste brasil do faz de conta
país de empresas e banqueiros
que comandam a coisa toda
e o povo brasileiro que se foda
nas usinas de rondônia
nos mictórios da rhodia
nessa coisa nua e crua
chamada realidade
na gana pelo poder
neste brasil de fato
qual verdeiro o retrato
poema simbolista
abstrato concreto
verbo curto grosso e reto
ou sempre assim surrealista?

artur gomes http://goytacity.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário