sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

sérgio sampaio que loucura

neste último sábado saí com o reubes e fomos bater na casa do artur gomes lá fomos recebido com louras geladas para sessões de vídeo música poesia entre umas e outras no bate papo começamos a relembrar fatos memoráveis que já vivenciamos e o último foi a oficina experimental que o artur dirigiu-nos na casa cenográfica centro de produção áudio visual de taubaté no início de março de 2010 dentro da programação do vale poético

além da minha presença e do reubes estiveram nos exercícios márcio vaccari andréia moreira lima juninho vaccari e a atriz ana tavares foram 8 horas de intensos exercícios de improvisação que nos levou a um delírio total não só pela forma com que o artur nos conduzia durante os exercícios mas também pela cama sonora que ele nos embalava ao som de sérgio sampaio

chegamos na casa do poeta a tardinha e varamos noite madrugada ouvindo também raul seixas, o terço, luiz melodia, edvaldo santana, madan, cássia eller e adriana calcanhoto uma faxina geral em nossos tímpanos para não entupirmos nos de calcinhas pretas toque no altar bonde do forró e toda essa merda musical que as AMs e FMs tentam nos empurrar ouvido a dentro além do lixo que hoje temos nos canais de TV aberta

sérgio sampaio é hoje um ícone da MPB deixou uma obra de responsa criada num momento sombrio em que o país estava mergulhado na ditadura militar seus blues tangos sambas e boleros são delícias que jamais perderão o sabor e a vitalidade da musica com a qualidade verbo sonora

saque o vídeo abaixo:

sérgio sampaio – que loucura


Que Loucura
Sérgio Sampaio

Fui internado ontem
Na cabine cento e três
Do hospício do Engenho de Dentro
Só comigo tinham dez
Estou doente do peito
Eu tô doente do coração
A minha cama já virou leito
Disseram que eu perdi a razão
Tô maluco da idéia
Guiando carro na contramão
Saí do palco e fui pra platéia
Saí da sala e fui pro porão

federico baudelaire - viagens insanas
http://federicobaudelaire.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário